segunda-feira, 4 de abril de 2011

Não, não falei!

Não, não tenho a intenção de crer no tempo congelado!
Não, não pensava que sua atitude fora  estéril diante de minha dor prenha.
Não, não poderia pensar que tua promessa do ontem estava sob plataforma de ilusão
Não, não pude digerir suas envergadas palavras
Não, não encadernarei suas malditas folhas
Não, não vale imaginar essa perda.

Nica gomes

3 comentários:

  1. bela poesia un canto maravilhoso de sentimientos ..

    saludos
    otima semana
    abracos

    ResponderExcluir
  2. Não, não falei! O amor sim, pode ser que haja um dia que não mais em nosso, mas a única imagem e cheiro de amor que ainda tenho é a sua... não, não há possibilidades - não creio - mas é isso! Parabéns pelo trabalho incontestátel, inabalável e capaz de matar em parte a sede que sempre resta de sua arte e sua beleza!

    ResponderExcluir
  3. Factível a perda, indelével lembrança incrível!
    Sim, vale a pena lembrar e sentir...
    ou ao menos tentar no passar do tempo sem os mesmos ventos. Sem as mesmas risadas - gostosas gargalhadas, no seu caso =) - Estou tão feliz em ler-te! Por favor não pare mais. Continue com a mesma força poética e realista que tanto me alimenta. Isso me traz de volta suas gargalhadas! Ah! Se puder, divulgue no blog como posso adquirir seu livro. Obrigado!

    ResponderExcluir

Agradeço seu carinho!

Casa do Poeta de São Paulo

Casa do Poeta de São Paulo
Presidente Wilson Jasa, Vice Presidente Adriano Augusto, Embaixadora Cultural

Movimento Poético

Movimento Poético

Associação de Poetas Portugueses

Associação de Poetas Portugueses

Casa do Poeta de São Paulo

Poderá também gostar de:

Postagens antigas

Seguir

Obrigado à todos visitantes!

Maria Ruth

Maria Ruth
Artista Plastica

Titulo - Criação By Nicah Gomes

Titulo - Criação By Nicah Gomes
Tela - Acrilico TM 1x20 1.00

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Translate