quarta-feira, 16 de novembro de 2011

João

João é livre para fazer o que quiser, no entanto a vasta lista
de expectativas lançadas faz com que João em meio à sala
de aula; faça viagens em mundos até então inalcançados, mesmo assim
ele permanece  escravo  das interrogações:

Porque não consigo travar minha imaginação?
Porque não consigo estudar?
Porque não consigo dizer não?
Porque continuo substituindo minha meta por super fulos
e agressivos momentos?
Porque me sinto sozinho em meio a multidão?
Porque não encontro a mulher ideal?
Porque desejo tudo que não tenho?

João, concordo com N. Keppe quando ele afirma que as pessoas pensam que a conscientização  levará a renuncia de toda superficialidade da existência.
Talvez este seja um comportamento ao qual todos foram condicionados mas não fadados a viver, por isso
temos de  estudar à consciência para ter consciência
Claro tempo para o tempo frase esta fácil de falar,   difícil de respeitar,
mas para além da dificuldade existe a negação da realidade
portanto querido João a vida somente lhe dará resultado se você tiver disciplina.
Arraste a pipa de seus sonhos imagéticos, traga ela bem perto dos seus diálogos internos
.Palavra chave: se errar, encare / se temer, não se preocupe você é humano, se chorar, aceite.
João!
Reconhece a ti mesmo e não temerás...

Nica


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço seu carinho!

Casa do Poeta de São Paulo

Casa do Poeta de São Paulo
Presidente Wilson Jasa, Vice Presidente Adriano Augusto, Embaixadora Cultural

Movimento Poético

Movimento Poético

Associação de Poetas Portugueses

Associação de Poetas Portugueses

Casa do Poeta de São Paulo

Poderá também gostar de:

Postagens antigas

Seguir

Obrigado à todos visitantes!

Maria Ruth

Maria Ruth
Artista Plastica

Titulo - Criação By Nicah Gomes

Titulo - Criação By Nicah Gomes
Tela - Acrilico TM 1x20 1.00

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Translate