quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Pedro / João - conto

Pedro pediu tanto um grande amor,
queria tanto sonhar, que esqueceu a realidade,
  à ilusão dura? as vezes muito, outras quase nada.

Pedro descobriu o descaso de João com sua relação!
-  ficou desesperado!

Pedro parou.
 Pensou," agora  não creio em ti João"

Tudo fala!
Mesmo sem tua voz João...

- O famoso tempo atemporal
decidiu mostrar...seu rosto desfigurado .
... antes  mascarado !

- sorriso se foi
- lagrima derramou
 palavra  preenchida ,
 oca se tornou...

? agora, o vazio ganhou espaço...!!!
- solidão bateu a porta e disse; Pedro vim para uma visita rápida.

-Pedro assustado,  não abriu a porta
 então a perspicaz solidão   mandou a decepção,
que por sua vez abordou a porta de forma diferente
-  Pedro enganando,  pobre diabo!

- Pensando que fosse a solidão  abriu  rapidamente a porta
entretanto.
  Decepção se apoderou da brecha da porta lançou Pedro  porta a dentro
 ... com toda força,
 mostrando seu rosto frio e cruel; disse a Pedro: eis aqui a realidade... Pedro.

Nica Gomes
  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço seu carinho!

Casa do Poeta de São Paulo

Casa do Poeta de São Paulo
Presidente Wilson Jasa, Vice Presidente Adriano Augusto, Embaixadora Cultural

Movimento Poético

Movimento Poético

Associação de Poetas Portugueses

Associação de Poetas Portugueses

Casa do Poeta de São Paulo

Poderá também gostar de:

Postagens antigas

Seguir

Obrigado à todos visitantes!

Maria Ruth

Maria Ruth
Artista Plastica

Titulo - Criação By Nicah Gomes

Titulo - Criação By Nicah Gomes
Tela - Acrilico TM 1x20 1.00

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Translate