domingo, 26 de outubro de 2014

Descortinar

A porta se fechou, a janela surgiu
O corte abriu, a culpa partiu
Penumbra sumiu
Vejo lírio que outrora despedaçou a rosa
Libélula voando para mata libre

O real com viés sonhado
O bordado inventado agora esta rasgado
Emendar cristal é o mesmo que querer matar embrião jogando sal
A brisa da serpente no estomago,  tira lagrima do figado!

Quanto mais fundo o buraco, mais claro ficam as razões
A pele da pele expele e repele culpas
Acabou o sonho de pedrinhas encantadas

Acumulo de roupa roca
Roca voz noturna com amolada guilhotina
Corte exato o começo do caminho...


Nica Gomes



   

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço seu carinho!

Casa do Poeta de São Paulo

Casa do Poeta de São Paulo
Presidente Wilson Jasa, Vice Presidente Adriano Augusto, Embaixadora Cultural

Movimento Poético

Movimento Poético

Associação de Poetas Portugueses

Associação de Poetas Portugueses

Casa do Poeta de São Paulo

Poderá também gostar de:

Postagens antigas

Seguir

Obrigado à todos visitantes!

Maria Ruth

Maria Ruth
Artista Plastica

Titulo - Criação By Nicah Gomes

Titulo - Criação By Nicah Gomes
Tela - Acrilico TM 1x20 1.00

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Translate