quarta-feira, 30 de junho de 2010

Meio lá, meio cá

Vazio sentido literal
cobro minha falta de tempo
Um desanimo quase total percorrendo
minhas veias

Sinto-me como estivesse
sido picada pela tsé tsé
Quase impossível sair deste estado...
após

'paracetamol
'descongestionante
'antialérgico
'antibiótico
'anti,anti,anti quero me sentir como antes!

Nica

terça-feira, 29 de junho de 2010

Tradução I

Aqui estou eu acariciando
em pensamentos a tua imagem

Sinto sua presença nesta natureza.
ouço sua voz neste silencio que a madrugada
traz e o amanhecer leva embora.

Arrepio continuo
Abraço que traduz
Encaixe energético

A matemática imperfeita
qualquer soma resultaria em "1"
A sutileza de 2 em 1

Meio dormindo
meio acordado
Madrugada fria
Dormindo com sonho.

Nica

São Pedro

Ladeira de barro
avistava rua de cascalho
enquanto caminhava dentro do
mato pegando carrapicho e araçá

Subia em arvores pegava
goiaba e alegria
tardes ensolaradas

Minha vovozinha
Veio ao meu encontro
na terra do adeus

Ausência de sua simplicidade
do seu afago
o cheiro de chá de capim santo

Gripe, sinusite
ausência de animo
nos conduz para cama de
lembranças infantis

Hoje o sol esta abraçando
a cidade no
Inverno de acontecimentos.

Nica

segunda-feira, 28 de junho de 2010

Reflexão

Ilusões quebradas
Impulsiona atitudes inusitadas

fazer e não lamentar
A roda esta girando em baixa
logo, logo chegará em outro ponto

Ponto de partida
Lutar ou morrer!
é chegado a hora de pular no abismo

Entrar no labirinto das conquistas
Agarrar os louros
Dias de glória!

Nica

Milho e grama

Um teste para aliviar minha tensão
Preocupação do amigo amor
A televisão sem voz

O som do violão acompanhado
por uma tarde pálida
Sem opção ouço vozes e vuvuzelas!

Nada muda neste cenário
Patético e previsível!

Nica

domingo, 27 de junho de 2010

Bula

Meus livros estavam em transe
minhas palavras
passeiam pelos olhos alheios

Luzes fortes provocam-me náuseas
Pensamentos buscam confortar iris cansada
Coriza sinônimo de carência!
Cabeça dolorida, rejeição!
Dores nas pernas, medo!

Remédio para esses males
AÇÃO...

Nica

Sinu irritação

Com meu nariz constipado de tanta poluição
o desespero cresce !
Onde estão os sabores?

Não ter paladar, é péssimo
mais isso ainda não é tudo
esta piorando...
minhas córneas comprimidas
deixam minha cabeça como berimbau

Meus tímpanos estão tocando uma
espécie de percussão de primeira marcha
Ameaça seguir e não vai

Para meu desespero recebo
a visita do canto de uma cigarra
em cada trinta segundos no meu ouvido direito

Náuseas me impedem de saborear
minha farta mesa de guloseimas
incluindo meu predileto bolo de aipim

Ah dor bendita se não fosse tu
jamais poderia descrever
o desconforto de sua existência
maldita!

Esta formigando os braços
Esta doendo as costas
Minha garganta arranha
em cada gota de saliva que trago!

Meus olhos vermelhos
enfeitam minha tez irritada
Isso não é tudo!
Eles ardem sinto grãos de areia
no abrir e fechar dos meus olhos

Não, não, não
Não quero mais
-Dor!
Me despeço de ti e adeus!

Nica

Passado latente

Mulher prenha!
sempre ouvia isso la em minha terra
hoje passado os anos
quando vejo a silhueta de uma mulher prenha

Pego-me rindo sem querer
Quão grande é o amor que vem junto a estas lembranças!
imagino por se acaso eu lhe dissera
Estas prenha linda mulher!
Qual seria sua cara de espanto

A simplicidade mora ao lado
e faço questão de abraça-la todos os dias!!!

Nica

Festa

Vestida de baiana
com sete saia de alegria
todo mundo dançando a mesma magia

Baba com energia vital cantava aos orixas
lágrimas selavam sua alegria
Percussão visceral
Encanta mais ainda aquelas cantigas

Jarros fumegantes passeavam
pelas cabeças
a dança de roda chamava
venham todos para sentir a celebração deste dia

No jardim em brasa bailavam orixas
com tanta beleza que pareciam
flutuar naquele tapete vermelho

Lindo manifesto destemido
Ali todos possuem a mesma paixão
com ciúme do Baba!
Tem axé para todo mundo

Lugar onde se pode encontrar
Museu, pesquisa, hierarquia,
tambor e amor
Colares e adereços como nunca vi

Mascaras para cerimônia

Fogueira de Xango

Baba com energia vital cantava aos orixas
lágrimas selavam sua alegria
Percussão visceral
Encantava mais ainda aquelas cantigas sagradas

Vestidas
com sete saias de alegria
todos dançavam a mesma magia

Jarros fumegantes passeavam
pelas cabeças
as danças falavam!

- explicitamente !
- venham todos!
Não somente assistir
Mas para sentir esta celebração

No jardim em brasa bailavam orixas
com tanta beleza que pareciam
flutuar naquele tapete vermelho

Lindo manifesto destemido
Ali todos possuem a mesma paixão
com ciúme do Baba!

Ele com sua sabedoria olhava
como quem dizia, calma!
Tem axé para todo mundo
Vamos todos comemorar esta alegria

Lugar onde se pode encontrar
Museu, pesquisa, hierarquia,
tambor e amor
Colares e adereços como nunca vi

Mascaras para cerimônia
indicavam o baile de xango
Todos dançavam com elegância na fogueira
que mais parecia um tapete de grito de alegria
Guerreiros rubros, rubros guerreiros!
Obrigado por este lindo dia!

Nica

sexta-feira, 25 de junho de 2010

Metrópole III

Conheci o cravo da mocidade
Falo de saborear a vida
de ter olhos para o mundo inteiro
e ainda assim sentir seu cheiro

Aquele perfume natural
acomodou-se em minha negra pele
superfícies purpúreas
como rosa colombiana
agitando minh'alma baihana.


Nica

Metrópole II

Assim eu quizera minha noite
com a insolência noturna
Posso falar!
Ébrio instante...

Continuado pela ironia do destino
Uma garrafa meio inclinada
derramando o desejo estrangeiro
despertando a claridade imortal.

Nica

Metrópole I

Madrugada carente
traz de repente aquele
mar de segredos

Um pedacinho de marhmallow
Hum macio do bem
êxtase supremo

Embriagado no sorriso eterno
Morna língua
dançando balé clássico
em meio a floresta.

Nica

Rock

Soltar o vento
correr como criança
brigar com o sono
musica de época

Contar uma historia em quadrinhos!
uma voz suave e divertida com
o poder da abstração

Cresce genuína
a emoção da menina


Nica

quarta-feira, 23 de junho de 2010

Janela

A fragilidade pode ser tocada
no cotidiano
inusitado, extraordinário
ou simples

A sensação do passeio
de agua no corpo quente
Depois de pedalar

O sentar embaixo de uma arvore
com o carinho do vento

Morder uva suculenta
Matando a fome e a sede
Comer pipoca com chocolate

Colocar uma meia em noite fria
O acariciar da nuca
Com a ponta dos dedos...
Namorar a vida em tempos difíceis.

Nica

Falta - Fala-

Mesmo com labirinto atacado
Não para de ir ao encontro
dos "sabem tudo!

Com um pequeno caderno
de capa aveludada e um lápis
para assim poder captar
alguns momentos soltos
e aprisiona-los


Patético observar o
copiar do covarde
Assuma ...
Sou copia!!!
tu pobre diabo.

Nica

terça-feira, 22 de junho de 2010

Cucu

Acorrentado em metas!
ou preso no tempo!
As horas diminuíram?
ou nós aumentamos as promessas...

Perdemos tempo nas sombras livres!
Ontem uma film-agem poética juvenil
Hoje um retrato de mulher a temporal
O tempo fala,sussurra

Escuta o tempo!!!
Traz frescos odores
Ele aflora invisíveis desejos

O tempo melhora alguns sabores naturais
ele solta as armaduras
cria algumas jaulas inconscientes

Tempo! jardim dos homens!
estúpidos florescem...
com frutos da incompreensão

Cena do tempo atual
O homem comendo amendoim
cantando a musica do momento
" lagartixa tem coxa"

Um projetor alienista
paralisa, o já anestesiado cérebro
para tudo, fecha todo coleciona-dor
de tempo...
Para assistir ao mesmo espetaculo
Panem et circenses

O país para o tempo!
A massa para...
E o tempo?
esse não para!!!


Nica

0:00

Qual adjetivo poderia
Distinguir a voz amiga
Talvez não existe
palavras usuais

Talvez explicar
tornaria insuficiente tal confissão


Talvez
traduzir a sensação ...essa nunca habitada
Em verdade!
As coisas estão longe de ser
tangíveis e divisíveis

Para definir... amável
Tu es luz eterna
em minha escuridão passageira.

Nica

Soro

O mesmo mar que nos separa
nos une...
Açúcar e sal


soro fisiológico
Fruta de época

Segundo momento inesperado!
diria perfeito!
dissolvido...
emulsionadas posições

Todas as noites sinto sua presença
Será ironia?
ou armadilha do destino?
vou te encontrar
ou talvez seria
reencontro?

do momento não absorvido!
músculos gritam por descanso
e eu me rendo....pupila cansada
ombro tenso, corpo não obedece
vou-me
desdobramento de alma...

Nica

Morcego

A noite se alegra!
A noite as pessoas se reduzem a diversão
e no dia seguinte simplesmente elas querem
mais...magia

Mágica mentira!
truque da imaginação...

È algo que pode decolar em lugar incerto
mas que pode pousar no momento correto...

Nica

domingo, 20 de junho de 2010

उमा comunidade

Especiarias e assados
gente para todos os lados
cabeça de bufala, pele de carneiro
juntos e separados

Corta galinha, cozinha gado
corta quiabo, cozinha inhame
tem santos para todos os lados

O encontro com o sagrado
reencontro de passado
tudo parece tão novo
e ao mesmo tempo ja vivenciado

mulheres poderosas venham
estamos a esperar
energia sublime!!!
começam a limpar

Em meio a cerimonia
o abraçar, abraçar!
a força do deus interior e
tambem Oxalá
coisa boa !

Xango que vem de lá!
Respeito e admiração
em outras palavras
descoberta de uma paixão!

Nica

sábado, 19 de junho de 2010

X tudo

Escolhas muitas escolhas
Os copos estão vazios
bocas estão secas

Escolhemos não pecar!
O que são pecados?
Afinal....

Deixar todos excessos de proteínas?
não consumir brancos sangue?
ou vermelhos sangue?

....interpretações ...
embriagais, embriagues
de letras, historias
noticias das ultimas horas


Perdemos um escritor?
ou ganhamos
memórias?
memórias Saramagas!

Seria eu pecado?
O pecado do inconformismo?
de não aceitar a morte!
A morte é para todos
Sim!

Essa mudança de endereço me é
estranha...
Então seria viver para morrer
Ou morrer para viver...

Iremos para outro mundo
onde a magia do sacrifício
da vida aos orixas.

Sigamos a rota!!!
do mar
Saramago um dia vamos te encontrar!

Nica

sexta-feira, 18 de junho de 2010

Amor

A vida parece uma elipse
as vezes temos as somas
e resultados concretos

Outras vezes o movimento
obrigatório universal
nos transporta para dimensões
--Escuras--

Outras vezes o resultado
que parecia impírico
se dissolve

Amor
Ce forte!
Ce Bravo!

Tudo, tudo
Absolutamente tudo!
Passa!

Nica

quinta-feira, 17 de junho de 2010

वाई Passar

Repelindo o desejo
tenho a sensação de ver uma
serpente passeando em meu corpo
tenho o sentimento do judeu em tempo nazista

Tenho o desejo de Baco "nego"
tenho ira de Zeus
Renego, renego e renego

Falsidade,controle alheio
ouvido de tuberculoso !!!
curiosidade exarcerbada dos
companheiros ratos

Tire sua cara da parede
lagartixa curiosa
voce não que comer e não me deixa viver...
Um passaro não pode rastejar.

Nica

इन्सान busca

Maria que não é Maria
Foge todo dia
sai de casa pensando em ambrosia
e volta com João!

João que não é João
é apenas um pedaço de pão
anda pela rua sonhando
com caminhão e volta para casa num fuscão

Outro dia
nova busca, nova historia
Maria encontra João

junta ambrosia com pão
mas não fica feliz
e fica com cara de tristão!

Nica

Dezoito horas

Indo de encontro especial
Surgiu rudeza
Interrompeu a embriagues
do verbo absoluto

Lamentável, duas pessoas
se encharcaram
no chuveiro chamado
Egoísmo!

como se aquelas
gotas pudessem trazer de volta
o beijo cancelado...
A quentura dos olhos lacrimosos

Provocando uma tez rubra
Boca seca e fuga...

De repente um perfume
tudo muda
Seria? poderia? e não foi...


Nica

Sto



by Nica

Jara



by Nica

Jara




by Nica

Estação

Relâmpagos de acontecimentos
Ventos!!!
Historias frias

Ingênuo gesto
incompreensível desalento
Despertando atitude

Prazo esgotado
Nova ação!

Nica

quarta-feira, 16 de junho de 2010

terça-feira, 15 de junho de 2010

Nil

A voz do Silêncio
necessário evento
O aconchego da solidão
sem imposição!
Compõe uma nova melodia

Ter paz e ser paz!
O espírito sorrindo
Com a`lma de agua
Passeando e observando
a margem com diferente paisagem

Passeando entre as pedras
descendo cachoeira de vida plena
Óh agua!oh margem! oh melodia!
Harmônica composição

Ouço!
Vejo... luz!
Mito, magia, sublimação e acontecimento.

Nica

segunda-feira, 14 de junho de 2010

Tudo -tem- seu- tempo...

Um encontro casual
Uma atitude anormal
Uma troca de endereço virtual

Encontro seguido de desencontros
Surpresa do destino
veio ao meu encontro um sorriso
de menino!


Foi preciso acaso do Divino
Aparecer minha amiga Geni
(pedras,pedras muitas pedras...)
Todas para Geni!
Para mostrar o cristal que não vi

Charutos, e longos diálogos,
Nostálgicas ruas paulistanas

São Paulo
Alcachofra e vinho
Pegar,apertar
e porque não dançar!


Laços e embaraços
- imaginar
Ressonância e Feronomios!
Hora de acordar...nos teus
braços!!!

Nica

Mixto

O sabor maduro de um pensamento
respeito ao momento
viver sem morrer!

Aceitar os presentes da vida
com os papeis que ela nos impõe
magia do viver!

Uma manhã vulcânica
Um dia memorável em aprendizado
Aprender sem sofrer

Esta é a questão
do mal !absoluto
esperar as labaredas do inferno...

Mas a verdade a viagem é curta
e
esta ao lado...
escolhas e conseqüências!

O sonho louco
Um conto repentino e dramático
Um assado que não assou !!!
Perversidade alheia

Acreditar, acreditando
tudo a seu tempo!

Nica

sábado, 12 de junho de 2010

Valentine´s day

Casas estão sendo preparadas
restaurantes e suas luzes artificiais
para encontros de pássaros feridos
Jarros, papeis e escolhas...

Expectativa deste dia
a poética comercial
para todos os bolsos

Bombons - Chocolat du juor (a,b)
Rosa... (a,b,c)
Um buquê ... (a,b,c,d)
Uma joia ... -Pedra Painita (A,A)
Uma viagem! ! ! (A,A)


Lobos famintos... a cediam...
Ou seriam mãos
Inflamando desejos oprimidos
Em lugar inusitado
Quero!!!
Cerimonial do Valentine.

Nica

Bejim

Quando voce não esta
os meus olhos piscam
imediatamente visualizo
aquele sorriso acompanhado
de serenidade


È como despertar com gestos de
Rosas colombianas
palavras com aveludadas texturas
pensamento vermelho intenso

Ouço sonhar
chocolate quente
tempo esgotado
O brilho da iris
a tímida emoção
tenho que ir coração.

Nica

Lugar

São alguns centímetros
ou talvez mililitros
para respirar

Isso é orgânico
e necessário
mas parece hebraico
quem entende?
existe alguém que possa entender?

Procura-se!!

Respeito...
Espaço...

Nica

Disfarce

A linha tênue entre
a gentileza e o excesso
uma pesada pessoa

Adjetivos de mais
objetivo de menos
cansa!

Que tristeza um ser que
sempre quer agradar

Comida...
comida para suprir carência
comida para suprir angustia
comida para suprir vazio
comida para entupir estômago
Comida para disfarçar covardia
Comida para vestir mentira
Comida para cobrir personalidade
Comida sem amor
Apenas comida...

Nica

sexta-feira, 11 de junho de 2010

Email

Quão ingênua pode ser
Que beleza uma carta despretensiosamente escrita
Atravessando linhas cibernéticas
ultrapassando limites racionais

Enviada mensagem!
Pesquisa tardia...
Quem é você?
Desmedida invasão...

O endereço eletrônico!
De amigo para um futuro amigo
Ser humano!
Demasiado humano...

Nica

quinta-feira, 10 de junho de 2010

Estação Luz!

Caminhando na desigualdade social
apenas um vidro
com aparência sutil

Separa a miséria
o ruido das maquinas nos trilhos
pessoas correndo desesperadas
para não perderem o trem

Como num zoológico
podem ser apreciados
atreves daqueles vidros
em lugar seguro e planejado
Onde até o teto pode ser manipulado

Onde os ruidosos sons dos trens
poderão ser imaginados pois estão
estancados por discos esborrachados

Venham!
isto é patrimônio publico!
aqui podemos observar
A existência ou melhor
A resistência dos coronéis

Observem este piso
são flores do café

Flores da opressão!
Seguimos com mais encontros
Colunas bordadas com ramos de café
Ramos da sociedade brasileira!

Nos contribui mos...
Calma!
Pois não é o suficiente então
Se voce quiser conhecer será preciso
Uma pequena contribuição
Mas deixo claro
Isto é patrimônio publico!

Concerto...
O acesso é fácil
basta voce ser um cidadão brasileiro!!!
possuidor de algumas bagatelas de
salários mínimos!

Ou voce poderá ter outra chance...
Se voce quiser!
Se voce puder!
Se sobrar...

Talvez voce poderá
Arranjar um tempo
Dirigir-se a estação
e encontrar um concerto
Grátis!!!

palavras chaves: coronéis,desigualdade continuada...

Nica

Catalogo de uma Miss !

Mas bah tche!
Meio século de mulher
somada a oito primaveras
Uma aparência madura que logo se dissolvia
quando ela sorria

Esbanjava jovialidade
naquela boca pequena,
pequena boca!

Os olhos dela brilhavam
como maçãs carameladas
seus presos cabelos de milho
refletiam dourada cor

Rosto simétrico
com negra dor


Me fez confissões
misturadas de testemunhos de sua vida
historias constipadas de emoções

Um amor perfeito interrompido
nas duras perversidades da vida
a fatalidade!

Com os olhos calcinado na batalha perdida
relatava sua dor
e como um toque de mágica
ela muda seus gestos e relatos


Senta numa cadeira de longas pernas
ao pé do balcão
e narra a sensual dança da libertação


A performance desencadeou
dois anos de emoções
Proferiu-me sermões e delírios
sentava,sorria e levantava

Tocava naquela cadeira como como quem toca numa flor
relembrando contínuos momentos de paixões
ah se aquela banqueta falasse!

Aventuras imaginadas e algumas realizadas
a beira das estradas revestidas
de lantejoulas douradas
e logo abandonadas...

Novas estradas e
velhas historias
ensinam como manipular
alcalinas e anaeróbias


Lado a lado
Bolinho de bacalhau gigante
A Miss,
O Carro de Boi
E o Amor ... mas bah tche coisa boa é falar de amor com essa gaucha  que veio de tão longe para abrilhantar a rua Mario lopes leão com seu carro de boi carregado de emoção.

Nica

quarta-feira, 9 de junho de 2010

Paladar Aguçado

Aprender a degustar
o sabor da paciência!

Apreciar um anjo amigo
ler uma mensagem
em momento inesperado

Com-pactuar
sonhos e tristezas...
que alegria!

Olhar para caixas
livros e projetos
tudo é tão bonito!

Sentir
o cheiro da fidelidade
incondicional d´alma
E a vida continua...

com dores e sabores!

Nica









soberana sabedoria!

Alguns trabalhos

http://www.acaonobem.org/not017.html
http://www.carasdeitu.com.br/?pg=vieweventos&idEv=30

terça-feira, 8 de junho de 2010

Sublime!




Nica

Manifesto

Sonho com pessoas
de atitudes,
de palavras,
sem rupturas,
De promessas cumpridas sem esforços

Sonho com almas cristalinas
sonho o dia em que as pessoas tenham
atos abastecidos com imutáveis sorrisos infantis


Sonho o dia em que as pessoas conheçam
o significado da expectativa lançada
da palavra mal falada

Sonho o dia em que as pessoas
não tratem com descaso
a ferida alheia

Sonho o dia em que as pessoas
não percam tempo falando de pessoas

Sonho o dia em que ninguém pense em ser superior
ao outro por achar que é intelectual
apenas por ler jornal...

Sonho o dia em que respeito
seja sinônimo
de natureza humana!

Sonho o dia em que pessoas possam
compreender
e estudar sua própria historia

Sonho o dia em que um comunicado
venha acompanhado de tempo

Sonho o dia em que as pessoas não pensem que existem
mágicas para resolver contas que não são pagas...

Sonho com pessoas,
e pessoas!
todas, todas!!!
sejam felizes...

Sonho o dia que as pessoas não criaram linhas teóricas
para manifestar acumulo de coisas e sentimentos inúteis...
e olhem para dentro de si.


Nica

Vila Madalena-verdes labios

Hoje! jovem
Amanhã recem-nascido
Todos os dias nascemos ou melhor renascemos!
Pensamos e cobramos atitudes alheias

Homens!
Mulheres!
Mudem...

A maquilagem,o decote, o salto alto..
Não quero quilos de maquilagem
Quero o que tem a traz daquele rosto!
Espontaneidade e verdade!


Aquele topetinho Johnny bravo,
cujo cérebro se assemelha ao coração venoso periférico
Meu Deus!!!
O que é isso?



Produções...
Escondem!
Angustias, anseios, expectativas...
Não quero apenas beijar!

Por isso me sinto um estranho no mundo...
talvez meu mundo
talvez mundo, mundo!

Pensei em beijo amado!
ele tem o poder de alucinação,
encontro de afinidades
macio,sutil

espontâneo...
pensando em palavras verdes
e labios maduros.

Voce ja fez algo para mudar a vida de alguém?
Talvez possa tentar
Pois a paixão inflamada nos olhos de quem a fez
é deslumbrante e inesquecível
mirada de profundo brilho, nada é tão sublime quanto


Aquela cuja
nada e ninguém
poderia imaginar
tamanha satisfação
em fazer a diferença.

Nica

Pre-esquema



Nica

segunda-feira, 7 de junho de 2010

Acidez

Comunicado de angustia
insatisfação alheia
refletem tristezas em meias
e os pés ficam gelados!

Ressonância infeliz
tocar uma musica em piano invisível,
com o invisível
Olho
pessoas e cerveja?
ou são cervejas e pessoa?


Não quero pensar
Não quero falar
Tudo é pequeno
o mundo é um kitnet

Ele é pequeno
e eu sou menor ainda
sou um olho de Daruma
sou pedra trazida
de São Pedro

Sou acumulo de coisas
Sou sonho
Sou caneta e papel
Sou fotografia e poesia
Sou dor e amor
Sou saudade
Sou eu
Sou lembrança adventista
Sou voce
Sou vestida de branco
Sou duvida
Sou certeza

O mundo é pequeno!
não, não, não
ele é verbo e adjetivo.

O mundo
O Ilê
uma historia
um reencontro
Amanhã aclarará...

domingo, 6 de junho de 2010

Tempo Falante



Nica
2010


Nica

Tempo Tempo!



Nica

Tempo Tempo!




Nica

Feijão com arroz

O galo canta!

O amor, por amor!
E não por critérios

Bondade em excesso
umbigo projetado para fora

As vezes me sinto como pelicano
O que é preciso para ser feliz?
O mar
A terra
O ar...
A idéia?

Nica

Lazanha

Sorriso pode ser sinônimo de:
Alegria
Cinismo
Parodia
Fingimento
Mentira...

Imagine o mundo sem mascaras?
Não existiriam duvidas!

...Será?
Mentira ou verdade?
pode ser? ou não?
palavras que sugerem
duvidas
estimulam pesquisas...

ingredientes esses
necessários
pois sem as duvidas não haveriam "curiosidades"

Sem as duvidas
O mundo não teria criações
E sim reproduções
precisamos de
Duvidas ...

sábado, 5 de junho de 2010

sexta-feira, 4 de junho de 2010

Trabalho e amor!

Nica 2010

Feriado

Uma duvida com tristeza
confissão de um amigo
impotência do ouro
meio do caminho
queria poder ajudar, mas não posso mudar o mundo!
Sofrimentos alheios me assombram

Vejo São Paulo
Um corpo delineado esbelto
um sorriso aberto
com lábios salientes

 milhões de possibilidades

Ouço uma musica nostálgica e sinto  cada partícula
 
...tudo
 ...esta
 ...tão
 latente...

Leio uma carta com palavras de amor, e outra
com ausentes desculpas
imagino aquela que não veio...
como seria!


Aula de escultura
uma forma surgindo
feriado  apreciado...
conscienciosa com minha vida,
 tocando pedra, tocando sonho...

Encontro com uma amiga
Olhos verdadeiros
Admiração mútua
 Silencio falante

Observamos Sao Paulo filosofando
capuccino com petit fours
e Frank Sinatra no piano
janelas sorrindo!
pérola paulista
aqui passou the queen Elizabeth e Didi mocó tambem!

Nica
2010

Alecrin

Conversando tomando chá
Chá com formiga!
Prazer do açúcar
o meu chá tem açúcar!

Olhando fotografia
Porta,porta símbolos
vinho para mulher!!!
mundo interior

tecer um rosário  de afinidades
religiosa vaidade
semelhança de salmos

palavras  gravitam
 estousonhandocomnossasnupciasqueteremosembreve.

Nica

quinta-feira, 3 de junho de 2010

Parque Ibirapuera I

Um segundo e tudo se transforma!
Mudam-se momentos
Mudam-se  vontades
 Mudam-se  essências
Mudam-se palavras...

  Contente brisa gelada
converte-se em ar  quente
Constatando a inquietação e a provocação da natureza 
que
Dissolve as certezas humanas...

_ ela diz

Estou 
em permanente  mudança!
Viva la vida!



at Time!


Nica 2010

terça-feira, 1 de junho de 2010

Tímido romance

 Uva colhida em seu tempo
incomparável sabor,
Decantar o desejo antes encarcerado e agora celebrado
numa tarde pintada  por  Monet

canela passeando,
vivendo a vida
Confessando com sorriso nos olhos

Seria um abraço de tambor ?
-Não
e sim  um coração sambando !
 batendo...
 Batucando forte redescobrindo ritmo

Café e confissão
compondo
com a mesma melodia.
uma nova canção.
Nica
2010

Cotidiano I

Independente 

Esposa


 Desespero


Mulher


 Irreverente 


Castidade


Conquista

Cotidiano II

Namorada




Ouvinte

Paciente

 

Mãe,Mulher,Conquistadora,Forte,Amiga...

Casa do Poeta de São Paulo

Casa do Poeta de São Paulo
Presidente Wilson Jasa, Vice Presidente Adriano Augusto, Embaixadora Cultural

Movimento Poético

Movimento Poético

Associação de Poetas Portugueses

Associação de Poetas Portugueses

Casa do Poeta de São Paulo

Poderá também gostar de:

Postagens antigas

Seguir

Obrigado à todos visitantes!

Maria Ruth

Maria Ruth
Artista Plastica

Titulo - Criação By Nicah Gomes

Titulo - Criação By Nicah Gomes
Tela - Acrilico TM 1x20 1.00

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Translate