sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Pierre Teilhard

Não somos seres humanos vivendo uma experiência espiritual, somos seres espirituais vivendo uma experiência humana.

domingo, 16 de dezembro de 2012

Benjamin Franklin

A ação é uma grande restauradora e construtora da confiança. Talvez a ação que você tome tenha êxito; talvez uma ação diferente ou ajustes terão de ser feitos. Mas qualquer ação é melhor que nenhum - Benjamin Franklin

sábado, 1 de dezembro de 2012

Grande Perdão


Tribulações e reveses subtraíram   destruíram  a notabilidade daquele amor, tais assolações pelas quais passaram fizeram -se  aliados, silêncio,  distância e dor.
-  Pareciam  inabaláveis no entanto por força de deus ou do diabo sabe-lá qual fora maldita razão aconteceu  
infeliz separação.Eles  entraram em distintas esferas negras  e pontiagudas .
Ele  em meio a multidões  absorvido pelas mais cruéis das decepções.
Ela se arrastara pelos lados dos infernos inseguros.  Assoberbada  de magoas e  arrependimentos.
  Os olhos   perceguiam   fotografias  daqueles  tristes dias,   pobre mulher  buscava respostas para tais fatos;  sem êxito  seguia a sofrer.  Grinaldas azuis tumultuavam  aquelas cabeças.  Acontecimentos sem emoções  dilaceraram  o que poderia ser chamado de nobre paixão.   Murmúrios  inconformados questionavam perdas  promovidas por atos  insensatos "atos ateus" " ou atos atos apenas atos !!!! ."Perdão...Perdão...Perdão...Perdão...

Nica Gomes

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Rótulos

 Ignorância em determinadas pessoas assustam
ou melhor,  despertam  arrogâncias  adormecidas!
- Como  indivíduos que teoricamente materializam ideias que  flutuam pelos ares,   palavras e ações cotidianas,
podem  sair  borbulhando adjetivos vazios amídala à fora? 
Paradoxos!
- desinteressantes!  mesquinhos rotuladores, ou talvez sejam  entretecidos assombrosamente de profundas ondas cinzas !
Desalentados por não assumirem  o fato  de serem tediosos covardes!
Esses rotuladores são endemoninhados!
-  por escolhas ?
Não meus caros!
Não, não, não...
 -simplesmente por inexistências delas.

Nica Gomes

sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Conduta

Mudança... e... mudanças... Atitude... e... atitudes...Palavras... e... palavras...Conduta... e... condutas...
Sigo questionando... palavras mal faladas, condutas amarradas "à falta de valores"
Valores?
- Palavra perdida em meio a contemporaneidade de cegos,
surdos humanos!
Se é que podemos assim dizer!
Talvez sejam apenas  fantasias de amebas ! habitarem em peles humanas ?
Seguindo meu questionamento em meio a palavras e pensamentos  acabei  recordando uma frase que conversa com meu inquietamento  deste momento, do meu descontentamento surgi a perola  do sociólogo De Masi "trabalho e convivência com a natureza devem estar presente em qualquer individuo que se FAÇA"
Existem tais indivíduos? ou tais seres  limitam-se apenas à pautas idealistas? angustiante pergunta, triste realidade!
Tais amebas afirmam, quero ter vida DIGNA!
- como querem esse bem!
Se tais indivíduos desconhecem " princípios"
 será que eles mordem ou gritam?
Pense, pense, pense, pense, pense, e pense........... esses  parecem valores contraditórios!
- Onde estão estes ou aqueles que compreendem o sentido da palavra?
-  Parasitas!
 aqui e ali resmungam ... trabalho e lazer, são sinônimos...
 mentiras e dissimulações, são irmãs embrionarias.
Tais amebas teriam de ser incineradas sem do nem piedade!
- Humanos? procura-se!
- Sentido do sentido, sem sentido,  estamos realmente fadados a escassez de massa cefálica?
 Sacodem  minhas viceras somente em pensar na continua  convivência sem remédio, com tais amebas que habitam em peles humanas.
-

Nica Gomes


quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Resposta

Ação + disciplina = Resultado
M+M = Momento: Merecimento
Ordem + Integridade +
Respeito = Vida


Nica


quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Preguiça

A falta de vontade é a pior coisa que existe na face da terra!

quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Ação

Amar...Ação...Emoção
       .... Abrir...
Sorrir...Sentir... Paixão
            .........


Nica Gomes

domingo, 7 de outubro de 2012

Juventude

A maravilha de imaginar espuma doce
sentindo calor salgado!
Salgado... toque fugaz da juventude
Ah juventude! 
Cálice vital...

Nica Gomes 

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Espelho - São Luiz

Tudo estava diferente até  ontem!
Mas o ontem de ontem me parecia tão distante até ontem.

No entanto ao observar o espelho d" água dos teus  estreitos olhos,
silhuetas passadas começaram a bailar uma valsa de duas notas... neste
 presente passado ou seria passado presente?.

Ontem !

Ontem!

Veio... de forma  inimaginável, porque presenciar tal situação?
- Qual razão teria o destino para mostrar cândida situação!
- Frio!
 Palavra cruzada,  boca travada,
  orgulho flutuando em meio a necessariedade  instantânea
do amor...
Somente você meu amado tempo me dará esta resposta.

Nica Gomes

terça-feira, 25 de setembro de 2012

Ignore

Ignoro!
Todo ser desprovido de pecado
- Quem disse...?
Que se entregar esta errado?
O ignorante...

Ignore, Ignore!!!

Ignore tudo que não possa ser feito!

Pois com ...
Tanto à ser feito!
 mesmo tendo feito  tantos tanto, ainda faltam muitos tantos de tantos
nesta vida de tantos tantos.


Nica



sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Extinto Mor

Não lhe basta tornar descontentes todos que o cercam
Precisa extrair também o chapéu cardíaco dos infelizes distantes!
Retrucando linhagem cega exterminando infinita possibilidade livre desta acidez humana.

Nica Gomes

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Flores

Questionamentos inimagináveis deslizam... escorrem ...

- Os olhos aos poucos acostumam-se as silenciosas escuridões aromatizadas por negras rosas aveludadas,
 carregadas com macias dores...

- Os lábios compreenderam  probabilidades de viverem em castidades
para dissolverem suas maldades...

- Os ouvidos,  anciões por direitos, nos impõem  reflexões transmitidas por seres de outras camadas...

- Os pensamentos combatentes  escarnificam  paixões infrutíferas de crespas emoções. 


Nica Gomes
  

terça-feira, 7 de agosto de 2012

Falasa jurema

Encontro marcado sem sabor de pecado
apenas a liberações de venenos amarrados.
-  falsidades inerentes seus labios escorregam doces palavras
enquanto que seus olhos marejados de mentiras não conseguem fugir!
A tristeza é tua, a dor é sua!
tenho um pouco de pena, mas isso não muda o fato de voce querer se passar por jurema

Filho de peixe peixinho é...
lamento falasa jurema, mas a vida para ti será sempre pequena.

Nica Gomes

quarta-feira, 18 de julho de 2012

Vida

A vida segue mostrando pessoas  "pessoas" e pessoas.

Nica Gomes

sábado, 9 de junho de 2012

Farinha de Trigo

A impressão causada por seu despeito
foi um canal para racionalidade.
Ontem pensava diferente, talvez até inocente
hoje racional e descrente.
Aquela atitude covarde despertou, antecedeu o peeling
Agora é hora de reagir e seguir para o novo, brilhante e meu, meu caminho.

Covardia em seu cardápio?
Hora, hora, hora!
- vejam,  mudança de habito!
A partir de hoje determino
 eu, eu, eu,
e eu juntos numa  causa
- a liberdade ...de... amar...eu...
Volto ao meu aconchego onde meu corpo esta em alta agora e sempre.
Aquele momento se apagou junto com a bestialidade até ali vivida; e agora esquecida!.

Nica Gomes

sexta-feira, 8 de junho de 2012

Relógio

O relógio de nossas errôneas ou acertadas atitudes
diferenciam os próximos momentos falados, enfadados, bolinados ou guardados neurônios  a dentro.
  
 Falando com o tempo através de sinos, fotografei de repente  suas palavras,lá
  do outro lado do oceano,  surgiram vagos caracteres,  pude assim comprovar ou melhor,
 degustar o sabor de um simples ato
 impensado; como  pude contribuir para disparar aquele gatilho maldito ou bendito, em verdade vos digo; aguardo calma e friamente pela
 resposta obsoleta enquanto perdas e ganhos daquele que outrora chamei de momento...

Mas, porém, entretanto  o tempo continua à cobrar por atitudes, certas ou erradas mais ainda assim atitudes!
- Sigo por quanto, aqui e ali neste ou naquele necessário  sopro ao qual chamamos de "vida" 
que por sua vez é-me tão breve e sutil esta brisa cronometrada!
Então questionar o vácuo causado do gatilho maldito significa; arrependimentos? ou seriam alimentos
dos vampiros bolinados.

Existem vampiros que teimam em incorporar entidades superficiais, para justificar cenas teoricamente fatais
para n´s simples mortais. Ainda continuamos estúpidos! Assistindo e aceitando espetáculos de tubérculos ambulantes.
Talvez o nojo de tocar no lodo seja a ponte mais rápida para ficar mais perto dele. E o relógio regado à
energia solar continua a girar neurônios, estimulando  sonares dos sinos  dos atos ou átomos vitais ou quem sabe artificiais. 

Nica Gomes

quarta-feira, 30 de maio de 2012

Mudos pensantes

Me encontro em momento distinto
... pessoas  frias e secas!
As frias  cujo  existências aeradas vivem empoeiradas
As secas são aquelas que antes matam a sede de amor, lendo jornais.

Nica Gomes

sábado, 26 de maio de 2012

Ocos

Ações que refletem reações adversas, em pessoas perversas!
Perversas,
-que alimentam controversas para justificar conversas  dispersas
Dispersas
- são  milhões de possibilidades..
Que existem no paradoxo, quando penso no toxico  que chamam : sociedade; será
cidade ou perve-cidades...
Ou melhor a soma de pestes peçonhentas,
de magentas ações
AÇÕES de lentas aptidões
Aptidões meu caro,
são murmúrios recheados de palavrões
Palavrões ocos
- ocos, ecas. icas conformados com pequenas faíscas
sem paixões
Paixões de apaixonados por preguiças
preguiça / ou
preguiçosos, ociosos, sem disposições...
Essa corja de mentirosos que se dizem corajosos!
 - corajosos como?
convivem na miséria cefálica   justificando não terem outras opções.
Opções meu caro, são espinhos bem fininhos de fardos arranhões
- arranhões são trilhos, trilhos sem trevas,  destravam até éguas de baixas emoções.     

Nica Gomes













sexta-feira, 25 de maio de 2012

Gatas tristes

Espelho espelho meu...
Soa receita caseira...
Com o passar do tempo percebemos como as entre linhas exclamam, reclamam, chamam...
Para uma pequena mais importante compreensão da vida!
desde  primeira idade nos  contam  casos, causos, estorias e historias
que mais parecem fantasias... temporárias... no entanto elas nos acompanham  por toda a vida
até chegar um dia onde você se depara com historias de gata borralheiras que sabotam-se a vida inteira!

Será que esquecem da branca de neve!
Será que esquecem dos porquinhos?

Parece incrível  à medida  que  "falata falata flata memoria"   flatam historias.
Porque você esqueceu de João e Maria?
Se você recordar por segundos algumas parábolas percebe rapidamente
sua memoria flutuar.
apre prepare apre a flata memoria.

Nica Gomes


quarta-feira, 23 de maio de 2012

Triscrono

Indago cinco décadas e meia!
Lembro-me, nos tempos áureos   cronologia de um ser humano
era sinônimo de integridade ou talvez " sabedoria"
Hoje fios brancos que deslizam  cranio à fora, são apenas ausências
químicas dos seres humanos...
" ah ser " hu -ma-no "
Decadente, pretensioso temperado de falsidade
Dissimulado por opção...
Ridículo sem razão, rico em apagão " memoria"
...Memoria para que te quero!!!
Rabugentos de rabos cronológicos
Veja bem!
- Crono, não mas  lógicos.

Nica Gomes


segunda-feira, 21 de maio de 2012

Devolução

A palavra talvez seja angustia
O sentimento talvez seja solidão
A sensação talvez seja desespero
A vontade talvez seja desistir
O momento talvez exige perspicacidade
A voz talvez seja paradoxa
O grito talvez seja, o silencio culpado!
O olhar talvez tagarele em meio a saltitantes cílios pintados
A razão talvez seja sarcástica como inseto que voou e caiu
Os pinos talvez nervosos eletrificam o corpo do poeta adormecido no talvez, talvez...

Nica Gomes 

sábado, 28 de abril de 2012

Estória

Paradoxas ideias flutuam
em meio força da gravidade de meus  pensamentos
ouço estorias e historias!

Vejo vicio rotulado, homem que adora se dizer " vitimado"
Vitima? do que?

Da preguiça de mudar a rota !
Meu caro,
Venho por meio desta comunicar-lhe
- Sua saga acabou, o efeito terminou, o cheiro exalou!
E a festa encerrou.

Contar misere saiu da moda, caiu do galho, perdeu a cadeira
é fim de feira.

Nica Gomes









segunda-feira, 23 de abril de 2012

Jaz

As vezes chega a ser cômico viver com sub valores de outrem,
em meio a propostas que jazem no tempo!
Ouço situações absurdas passearem pelos meus tímpanos...

Nica Gomes



sábado, 14 de abril de 2012

Pedras Tolas




Em pedras rusticas podemos encontrar metais valiosos!
No entanto, dizem as más línguas: o   caminho que viabiliza esta façanha é simplesmente o atrito.
Fácil !
Pedras com pedras!
Ou pedras pelas pedras!
- Ou pedra sobre pedra!

Ès o resultado; ouro de tolo!
E assim caminha a humanidade...
À procura de metais para justificar sua mísera existência.

Nica Gomes


quinta-feira, 29 de março de 2012

Hoje

Falo ao Deuses!
A vida pode e deve ser decifrada.

Nica

segunda-feira, 26 de março de 2012

Passagem

Escolher o destino
és a questão!
Qual estrada seguirá
sem olhar..
esquecer tudo que ficou do lado de lá...

Nica Gomes

sábado, 17 de março de 2012

Você

N´s, ontem e hoje!
As luzes das palavras iluminam pensamentos
Palavras são luzes que fortalecem sentimentos.

Nica Gomes


quarta-feira, 14 de março de 2012

quarta-feira, 7 de março de 2012

Exposição Luhly Souza & Sergio Cajado - Pizzaria Cristal

Ontem fui ao vernissage  do artista Luhly Souza suas telas harmoniosas de coloridas  bicicletas,  parecem sorrir aos espectadores, creio que todas  pessoas que passarem as pálpebras pelos quadros imediatamente
viajaram até infância num sopro de segundos, rompendo a correria cíclica metropolitana.

Nica Gomes 

quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Carlos Drummond de Andrade

A minha vontade é forte, mas a minha disposição de obedecer-lhe é fraca.

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Gandhi

Aqueles que têm um grande autocontrole, ou que estão totalmente absortos no trabalho, falam pouco. Palavra e ação juntas não andam bem. Repare na natureza: trabalha continuamente, mas em silêncio.

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Nica Gomes

Hoje percebo que envelhecer não é sinônimo de  amadurecer...
Existem vários verdes velhos jurando estarem maduros...

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Pitágoras

Não é livre quem não obteve domínio sobre si mesmo.

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

J. Kennedy

Não conheço nenhuma fórmula infalível para obter o sucesso, mas conheço uma forma infalível de fracassar: tentar agradar a todos!

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Jorge Amado

O mundo só vai prestar 
Para nele se viver 
No dia em que a gente ver 
Um gato maltês casar 
Com uma alegre andorinha 
Saindo os dois a voar 
O noivo e sua noivinha 
Dom Gato e Dona Andorinha.

domingo, 12 de fevereiro de 2012

Buda

Somos o que pensamos. Tudo o que somos surge com nossos pensamentos. Com nossos pensamentos, fazemos o nosso mundo.

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Abraham Lincol


É melhor calar-se e deixar que as pessoas pensem que você é um idiota do que falar e acabar com a dúvida

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Roosevelt

As pessoas perguntam qual é a diferença entre um líder e um chefe. O líder trabalha a descoberto, o chefe trabalha encapotado.
 O líder lidera, o chefe guia.


"Roosevelt"

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Roosevelt

Ninguém consegue fazer com que se sinta inferior sem  o seu
consentimento.
"Roosevelt"

domingo, 5 de fevereiro de 2012

Martin Luther King

Eu também sou vitima de sonhos adiados,
esperanças dilaceradas, mas, apesar disso,
eu ainda tenho um sonho, porque a gente não pode desistir da vida.


quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Remédio paliativo

Instantaneamente percebo o corticoide em sua palavra
 infla, desconforta  ouvido, pedra, vala ou valeta.

 - Certos adjetivos que teoricamente seriam precisos
em suas manifestações ficam ocos por falta de preposições.
 - Tu sujeito dissolve, escorre, discorre  tuberculose intelectual !

Teima em seguir no caminho sórdido da ilusão 
- Cura-te pobre diabo!

Guerreia por seu ideal, em tempos de cólera o maior serve o menor,
esqueça tua fome presente!

A batalha esta no fio final aguente firme,
 o frio carente é passageiro.
-temos todas estações!

Acorda sujeito!
 pois a fome vil do imediatismo engana,
Alucina, domina, azucrina   obesa ambição!

Mentira
 cria, cria...... procria...   escraviza...!!!
Mente vazia
?
?
  
 crava, encrava sujeito da escrava..
mente alienada... não faz uso  daquela ao qual conhecemos como mente brava

  sujeito de linguagem menor,
marcha sem marcha
sem massa...

Segue

 Toxinas encarnadas, vampiras endiabradas. 

Enzimas sem rimas 
apenas rumores
Rumores sem rumos...
Rumos são para Autores

"não"
para sujeitos amadores
de
fracas emoções
 fiam-se de suas dores para causar
 dissabores...
... subordinados obedecem  aos falos futicos.

Sujeitos compostos de péssimos  gostos!
arrumem outros pressupostos
ou acabaram nos esgotos
das aberrações.



Nica Gomes
  

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Imagem

-  Imagino, falo, faço, aconteço, porque mereço!
Mereço seu apreço, mas não quero pagar o preço.
Preço do seu AMOR que imagino ser parecido ao gesso de horror!
Começa poeiro... passado um tempo  mistura-se à água cotidiana..
virando rotina  levemente pastosa, transformada à obrigação seca e rígida.

Imagino... imaginar como seria nosso começo!
Começo ao qual desconhecemos o motivo da descontinuidade do nosso apreço .
Seu falo em minha fala cala egoismo que em minha garganta rala
Rala, aranha!
- desce na minha entranha me arranha...
Continuo  imagética, falante,
 acontecendo e merecendo, questionando.

Nica Gomes


terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Manos

- Manos passiveis,
de quaisquer mudanças "mundanas"

Minas passadas,
sem valores deixam todos planta-lhes "dores"

Ouço historias de internautas que tratam mulheres
como flautas!

Assim caminha a humanidade totalmente,
- totalmente sem lealdade
liga umas para as outras para falar iniquidades.

Chega manos!
 vamos parar com excessos de vaidades

Abra sua massa cinzenta, construa sua cidade!
- Liberdade...

Nica Gomes



quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Tirando da frente

De longe à porta se abriu
Ouvi falas falecidas
Vi guerras vividas
Atravessei o mundo...mudo e surdo.
Esqueci as farpas  covardes
Acolhi criança no colo, acolhi
 até que ela pudesse andar em solo!
Solo " solamente una vez" solo" .



Nica Gomes

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Dorso ou Cabeça

- Comodo encontrar artifícios 
para alimentar paixão falida?
Talvez assegurando-se
no sepulcro rubro, ordinário de um fato qualquer!

- Junta suas tralhas...
-  Túnicas incultas que cobriam suas ágeis façanhas!
Suma com sua pupila cingida, cínica agora falecida. 
.
Monstruosa  espinha dorsal, fica na espreita à
 espera da serenidade apostólica
para mostrar sua negra retorica.  

Endireita-se vista um pouco de dignidade,
 bata em retirada com resolução,
 desdenhe do rugido da vaca albina !

Coragem !
mesmo sabendo que adjetivo é para poucos...
Insisto !
Coragem!
Pobre diabo!

Adversário de tuas próprias vinganças?
pois sim,
 ao menor urgido da vaca traíra fica preso em sua destemperança.

Sai correndo em meio ao pasto, pupilo sem vestes
mostrando seu extraordinário dorso
" pena que não possui pescoço".

Nica Gomes





segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Guerra fria

Provando  vulnerabilidades
percebemos táticas velhas em soldados teoricamente (   jovens  )
Soldados rasos carregam armaduras pesadas
que infelizmente desabrigam  movimentos cruciais
para  evoluções naturais.

Nica Gomes



sábado, 7 de janeiro de 2012

O Pincel e a Tela

Pergunto ao Pincel quais razões poderiam existir para esmorecer
diante da Tela?

O Pincel para por alguns segundos e diz;  talvez tenha sido o fato de chegar perto da Tela
e lá, me deparar com  formas figurativas que não foram elaboradas por meus movimentos,
ou quem sabe foram as promessas não cumpridas pela senhora Tela. Pois ela havia viajado
dizendo que a distancia seria diminuída através de telefonemas que por sua vez não aconteceram,
logo me sinto no direito de rejeitar ou negar meus anseios ainda que essa negação me faça sofrer, quem sabe assim a insensível senhora Tela se adverte que sua postura insólita me magoou.

- Em seguida dirijo a mesma pergunta à Tela que prontamente responde; caro Pincel talvez tenha omitido
algumas figuras existentes em minha vida para você, no entanto vejo  por sua rigidez,  que atribuiu a condição de abortar nosso projeto por pensar que meu  intuito era de usar sua astis e abandonar-te até o próximo desenho em meio ao norte da cidade.

Confesso amado Pincel!
- falhar! é natural sabia?

Compreendo seu pressuposto transeunte. Agora pare,  pense! responda para o espelho pois assim não terás necessidade de mentir...
É justo negar essência natural?
Deixar o orgulho comprometer  na composição de  tintas novas composta por cores quentes, alegres, saltitantes, brilhantes em  nome do que?

Castigo por um crime ensaiado não executado, releve querido Pincel pense em tempos reais lembre das sabias palavras do mestre Ghandi "Só existem dois dias do ano em que não podemos fazer nada. O ontem e o amanhã."

Portanto querido Pincel  faça hoje,  novas linhas,
expresse, use, abuse das formas psíquicas inimagináveis, seja dono de você. Domine sua vontade, pois ela é traiçoeira.
- Pare! continua  no condicionamento Pavlov, será que você consegue criar uma reação sem experimento?
posso   ter ousado em usar tais palavras no entanto acho que são cabíveis diante de tal covardia.


Eu, o Tripe  vos digo .
 Tais respostas   escondem  extraordinários desenhos em meio à rascunhos.

Tomei litros de risadas ao ouvir ingenuas explicações!
    Hipotecarei  tudo no meu banco de memorias, não póstumas claro.



Nica Gomes
   

sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Chuva inteligente

Corpo estremece, emoção grita, coração agita
So (riso), sorriso...
saudade, sau, sau, salgado.
Viagem profunda com adjetivo perfeito...

Ser único, ou melhor singular em meio a pluralidade do momento
Massa cinzenta!
 estimula...acumula...
... abre, contamina, germina a vida de um simples mortal.

Encaixe de falas sentidas,  expressões de emoções contidas
em tempos de gelo absoluto.

Saudade é meio oceânica , parece um mergulho no mar
relaxa ao pensar, mas seca a boca ao mergulhar!
Quero outra vez seu sal provar.



Nica


Casa do Poeta de São Paulo

Casa do Poeta de São Paulo
Presidente Wilson Jasa, Vice Presidente Adriano Augusto, Embaixadora Cultural

Movimento Poético

Movimento Poético

Associação de Poetas Portugueses

Associação de Poetas Portugueses

Casa do Poeta de São Paulo

Poderá também gostar de:

Postagens antigas

Seguir

Obrigado à todos visitantes!

Maria Ruth

Maria Ruth
Artista Plastica

Titulo - Criação By Nicah Gomes

Titulo - Criação By Nicah Gomes
Tela - Acrilico TM 1x20 1.00

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Translate