segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Uma

Vencer a preguiça do ser humano
Seria uma tarefa fácil se a pessoa assim desejasse !

Ouço!

Porque andar?
Porque fazer?
Porque mudar?

Vejo

Mal humor!
Preguiça!
Tristeza!

Penso!

Quando isso vai parar?
Seria uma saga?
Seria um caminho?
Seria um refugio?

Talvez!

Falta de amor!
Falta de neurônio!
Ou excesso de hormônio!

Nica

Requinte

Experimentando !
A confiança !
A esperança!

Convivendo com vivendas
Vivendo sem emendas!

Todo possível respeito
considerando as emoções básicas da vida

Viver e ver
Ver para viver!

Sentindo o calor
Vejo a noite de verão
Sinto a brisa adentrando minha branca sala
Acariciando minhas pálpebras, meus pensamentos

O sangue morno passeando em meu corpo
avisa!

A chegada acelerada do sono
Vou-me
Voar
Falar
Encontrar
Outra dimensão.
Logo voltarei
Voltarei logo.

Nica

sábado, 29 de janeiro de 2011

Ilu- Sã0

As gotas de chuva em minha mente
numa esquina cheia de gente!

Ali  pessoas corriam da chuva e outras corriam para chuva
Havia uma conversa, um sentimento,uma transmutação e também sugestão!
-Amigo verdadeiro que te entende por inteiro!
-Amigo da mentira que lastima a vida!

Olhos de encanto
Responsabilidade múltipla
Sempre assim pesos leves e pesados

Por um momento a sensação livre
 desprendimento do momento
O caminhar em outros ares, estando  nos mesmos lugares

A magia de andar sem caminhar
A leveza de voar sem flutuar
O beijo dado com o sabor do beijo roubado

A companhia que te faz viajar em palavras terrestres
A vida é bela

Amo meus amigos
Vejo tantos desalentos e desencontros
Amores não falados
outros fadados!

Sinto meu coração palpitar em conexões universais
vejo o mundo
vejo gente!

Tudo é tão pequeno e ao mesmo tempo irreverente
os valores de ontem
ja não brilham hoje!

O vazio do homem invade a cidade
todos escravos de suas vaidades!

Onde estão todos?
Todos me perguntam para onde foram os amores e sabores!

Vejo o desalento da solidão (des) necessária
Todos temos metas e medos

Percebo um medo universal
Pessoas não amam
\Por medo de sofrer!

O que seria sofrer?
- Não seria viver sem amar?

É confuso pensar na humanidade!
É triste esta realidade!

Pessoas solitarias em suas gaiolas de ouro!
Penso,

Ouro de tolo!

A busca insensível da felicidade pregada por uma sociedade infeliz e amargurada.
Pessoas sozinhas que pregam,  ditam,
Dicas para a felicidade!

Estou aqui nesta carapaça humana assistindo ao espetaculo do absurdo.
Viva a ilusão!

De pessoas virtuais!
De revistas mentirosas!
De talk shows!
De jornais!
De amizades superficiais!

Nica

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Eu -Te- Amo

Palavras!
- nos envolvem
como se fôssemos   embriões em ventre
submerso em agua materna.

O poder de uma palavra!

Ela pode te levar nas macias plumas das lembranças
na rua que voce nasceu,  cresceu e desapareceu!

No mundo que voce sonhou, realizou e firmou!
Uma palavra traz de volta todo encanto de um momento guardado nas aguas do cérebro!
Uma frase transporta uma mala de emoções duras

Duas ou tres palavras podem mudar o contexto de uma relação definitivamente.

O poder da palavra falada faz retornar,

a vovozinha amada acompanhada de uma chícara de chá.

A palavra cura, limpa, descansa
a mente, alma e coração.

Nica Gomes


terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Conto - Vagão

Cinco ou dez minutos no trem da cidade
Muitas bocas!
Orelhas,
Olhares,
Caras de Marias com trejeito de Joãos

Sentir um cheiro de bolonhesa !

- olhei para traz, e la estava uma das Marias com um copo na mão
comendo Macarrão!
 -Meu Deus!

A vida é dura somente para quem é mole, assim ja dizia Nera
- imagine como deve ser a vida desta Maria,
 para estar comendo macarrão dentro de um vagão!

o trem parou acompanhado de uma voz!
- senhores passageiros
a saída será pelo lado direito do trem

Alí estava outra Maria de costas para o fluxo do trem
 logo chegou a próxima estação, onde imagino Maria queria descer
porém, lá  estava Maria  no lado esquerdo do trem esperando que abrissem a porta
-e claro não a porta não  abriu!

O trem fechou suas portas seguiu para a próxima estação
e Maria lamentava sua situação.

Entrou um João com o celular de ultima geração
   detalhe !
volume em alto e bom som,
logo compartilhávamos seu mal humor daquela conversa, enquanto que

aquela Maria ja brava com a sua situação reclamava do celular do João

Outra Maria com um sutaquinho retado
perguntava!

 Jaõ tu mi ama?
Jaõ tu me quer?
Jaõ de quem é tu?

 Jaõ  dizia!
Tu fica queta mule
o trem ta cheiinho di genti

E para completar o cenário entrou um vendedor
ambulante,
 que gritava!

Minha mãe é cega, meu pai  doente
e eu to aqui para trabalhar!

Cinco chiclete por um real,
-dinheiro,
-vale refeição
-vale transporte
Vale tudo para tirar meu pai da morte!
E assim seguia o vendedor vagão à diante...


Nica






Areias porque te quero!

Hoje pensei em parar de ter paciencia!
Mas logo desistir
Afinal o que seria a vida sem o melhor dela
-O movimento natural!


Como ouvi a poucos minutos atraz !

Quando jogamos um pedido nas ondas
 devemos CAMINHAR pois  parados a espera dos sonhos realizados
sem esforços!


 não ... existe!




As ondas estão sempre mudando de lugar por isso 
peça seu sonho 
Faça   movimentos


Corra ao encontro de acontecimentos!


Pedras,ruas, plantas,orelhas
cabeças,corações...ventos,


Anjos da boca mole
Pulsos firmes
... direção,
Voce sabe?
...Onde quer chegar?


Sim!
Nas aguas da beleza,bondade e verdade.




Nica

domingo, 23 de janeiro de 2011

Dando voltas

Pressão alta
Seria o tempo que passou e não volta mais?
ou o tempo que virá?
As viceras velhas
ou velhas viceras?

Encontros de entidades
junto a pessoas cheias de maldades

Encontro com o covarde!
Enjôo,  náuseas
são os unicos sentimentos  
que os covardes despertam umas nas outras

Adjetivos inúteis saem de bocas vazias
vazam o tempo!

Tem falta de compreensão
Tem falta de atenção
Tem falta de paciência

Tem amor a ser descoberto!
Isso supera toda e qualquer desgaste desta passagem terrestre.

Afinal estamos aqui somente por um par de anos
Então devemos perceber a delicadeza que é "viver"

Viver!
Dizer!
Fazer!

A vida acontecer.

Nica

Campo

O amor maior existe!
A vida plena existe!
A sinceridade  existe!
A presença existe!
A luz esta aqui, tudo esta claro!

Vem as gotas de chuva
Vem as gotas de suor
Vem o sereno

Chega o dia em que tudo mudou!
E agora
Esta branco,
O coronário brilhante!
O corpo forte
O coração forte
A alma forte

Amadureceu o fruto.

Nica

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Vasta Verdade

Os astros sairão  de suas areas de repouso 
 tudo poderá mudar num piscar de olhos!


Se olhares para o céu
 verás inúmeros
 brilhos ,planetas
ou 
Talvez a lua!
Talvez o sol!
Tudo depende!
...  tempo,  retina e emoção!
Tudo pode ajudar na busca " transmutação" 
A  virtude interna do ler a beleza transcendental 
de perceber claramente os fenômenos existentes no vastíssimo universo


-Universo versos voce
-Voce universo versos


A lindeza de poder captar nosso universo interior,
perceber a bondade do criador!
Intuir , captar, conscientizar
 fazemos parte da parte de um todo energético poderoso.


 Nascemos energia,
-  vivemos energia e voltaremos para energia!
Portanto  interiorizar,   é a unica maneira de podermos enxergar claramente "as estrelas".


Nica


Nica



Horas e cobranças

Estranho é estranhar a pessoa conhecida
conhecer o estranho da pessoa desconhecida parece comum
no entanto ter flashes do primeiro encontro com energia desigual
parece estranho!

Um dia!
Uma noite!
Uma tarde!
Uma ligação telepática!

Parecia claro o escuro
e agora o escuro parece claro

e ja não existe a mesma sensação!

Ontem passou rapido
hoje esta demorado sua ausência

Onde estão ?
As palavras, os olhos?

O vazio invade o momento humano!
Quero a saudade
sinto o infinito ...
o sono prolongado dos deuses ou da fuga?
-fugir?
de quem?
de voce?
ou da chuva!

Agua escorrendo
Vida escorrendo
Tudo passando muito rapido

Lembro dos olhos cheios de sonho e vida.
Tenho saudade do amor gratuito
da admiração simples
onde estão todos os pequenos prazeres?

Amar e amor!
Amo o amar!

escuto vozes embriagadas em minha janela
elas falam das ilusões que jas em minha doce vida.

Nica

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Reta final

 Postura advém de ações acumuladas
Não adianta tentar mudar curva de rio
O fluxo segue o ritmo natural
Levando consigo todo lixo despejado anos a fio

As mãos e os poderes
As mentes e as transformações

Ter disposição é absolutamente essencial
para quem quer mudança!

No entanto pensar não movimenta rios
Ação!
Movimenta todo o universo.

Este é o momento de mudança!
Fazer acontecer!
Falar para valer!
Pensar e fazer!

A vida esta acontecendo
O mundo implora por ação!

Apenas faça!
Apenas ame para ser
E não ser para amar!

Não espere ação alheia
Faça seu tempo já!
Agora é hora !

Hora de se respeitar.
O mundo é!
_o que voce quer que ele seja!

Nica

domingo, 16 de janeiro de 2011

Vista

Cheio de ventos
Cheio de beijos
Ceio de alegria

Pensamentos paralelos
mudaram ação linear!

O sabor amarelo dourado
visitou-me!

a luz em sua pupila
iluminou-me!

O toque gelado em pele quente
arrepia os pés, o queixo e dentes!

Nica

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Destruição Humana

Construções  desmedidas e falta de consciência  invadem a cidade
 Lixos acumulados  cooperam para desaparecerecimento de  vidas
Estradas mal construídas estão sendo dissolvidas aplastando tempo sem tempo!

Morros se desmancham tragando!
Madeiras,Vidros
Carros,Arvores
E
Humanos!

Imagens densas sendo usadas por veiculos sensacionalistas 

Gente soterrada!
A dor de quem sobrevive
O sofrimento parece que tem o poder de congelar o tempo!
Estamos assistindo a fome universal de amor ao proximo!

Como se deu tal declinio
Como alguns que estão no poder pensam resolver esta situação
-  doando  miseros reais!
essa desgraça plantada
e agora colhida!

Frutos podres !

Aqui estamos nós com as mãos abertas !
e corações?
Onde estão todos?

Solidariedade onde andas?
Será que ela esta onde não vive ninguém?
Na terra do "nada posso fazer?"

Conversa solitaria !
Dor solitaria!
E o céu continua chorando
suas lagrimas interminavéis pede por mudança.

Nica

quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Estética

Despertar para cura
aplicar injeções de mudanças
Fazendo peeling na fadiga

Usando  hidratação no coração para não ressecar a paixão pela vida
Tomar agua  de carinho comendo salada compartilhada
Abraçando o horizonte com os olhos enquanto os sentidos se aquecem
beijando o simples pedaço de pão!

Deitando em lençóis engomados de paciência
Aconchegando a cabeça em travesseiro de
 conscienciosa   consciência!

Adormecendo em magra tristeza
e obesa alegria...

Um dia cheio de chocofelicidade
para ti.

Nica Gomes 

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Ser domestico

A hipocrisia de alguns, alimentam
doenças de outros
As mesmas historias miseráveis saem de sua boca pesada
O cansaço esta chegando não aguento suas desculpas

Desistir destes passos lentos
talvez seja a cura da peste

Pobre de espírito !!!
Miserável preguiçosa vou acabar com sua doença
A partir de amanhã sua vida será um inferno
Até voce decidir ir embora pobre diabo!  

Assuma sua incapacidade!
Quando voce ver um ser humano que toma chá para dormir, por não ter o que comer!
Deixe!
Até morrer!
Pois se voce alimenta ele se transforma num anjo demolidor
Asqueroso, invejoso e doente.
Quem somente executa  pelo que recebe
nunca receberá  um níquel significativo para mudar suas vidas...

Nica Gomes

Visão

Eu vi energias transformadas
Substâncias nocivas aliadas a ignorância
Álcool de agua?
- ou seria agua como álcool?
ou álcool como agua?

Horas sem perdão
Minutos sem emoção
Conversas intermináveis

Assistir as cicatrizes alheias abertas
Não gostei do que vi
Minhas retinas recusão
 destemperos físicos

Parecem  bolos sem fermento,
 cereja fresca sem o talo,

-cigarro apagado
-Corpo esgotado
-sorriso apagado

Amor sem prazer!
ou
Prazer sem amor!

Assistir um show sem energia
no palco,
haviam monstros plasmados
inflamados de egoísmo e dor
a procura de seiva para alimentar seus estopores intermináveis.

-ser estopa de sofrimento fantasmagórico!
Nunca!
Jamais!

A vida é o que voce permite que ela seja.
-Siga a energia pura...

Nica

sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

vazio

horror da transformação
medo das lagartas mortas
elas escorrem na correnteza rio a baixo

caramujos enfileirados como soldados
estavam no jardim!
outros apanhados  e colocados dentro de vidro transparente

Essas foram  idealizações!
agora jazem
O vazio infinito!
Como explicar!
o belo vazio!
o dinheiro cheio!
a cama gigante!
o pensamento pequeno!

Qual valor do ideal?
ou
será que existe o ideal ou a idealização do vazio!
ou lagrimas mornas em sangue quente!

A temperatura do sentimento insolente
invade a escura sala de solidão.
NICA

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Quase

Por um segundo pode-se mudar todas vibrações
a circulação do sangue, pode ficar mais quente

A boca seca
 com molhados pensamentos

Os cilios meio cerrados
em meio a
 sucção macia !

- ouço passos, eles  me trazem de volta a razão!
de repente o silencio.
-lentamente permito-me   sentir as vibrações

A magia do toque!!!
Invade o momento, meus pensamentos
Meu coração...

Como raios de chuva caindo sobre meu corpo
Voce enlouquece minhas vi ceras e músculos

Eles fervem e clamam por mais
Mais magia!
Os pensamentos saem a vadiar e encontram
mil razões para não regressar!

Oh deliciosos itinerários !
imagináveis momentos que alimentam o corpo de dentro.

Nica
 
 

segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

2011

Novo ano!
aspirado por todos, sonhado por alguns
continuo observando  centenas brasileiras
sonhos de concreto!

-O que muda afinal ?são os personagens ?
 ou espetaculo? esta peça  esta em cartaz a muitos
anos!

A mesma garoa paulistana dançando sua umidade
O mesmo calor naquela cidade cuja arquitetura possui uma assinatura
Talvez algumas modificações nos figurinos comerciais,
alguns permanecem fechados
- enquanto muitos por necessidade não fecham
  outros por ganância estão abertos, porém às moscas os fazem companhia!

alterações nas falas  urbanas brasileiras
Quilômetros a fora aconteceu a
posse na cidade construída para o poder!
- voz  feminina   no palácio!

Surpreendente!
O partido idealizado  por corações partidos
A estrela!
O vermelho!
São elementos de sua bandeira!

Anseios e mudanças
Estamos todos com pactuando
Com a jovial incansável " esperança "

Talvez tudo isso venha a desmoronar
ou talvez será o inicio do fim
de uma velha fala brasileira...

Nica 2011


 

Resto humano

Muitas informações!!!
Pessoas desnudas de preconceitos
Livres para se inflamarem " de exageros."
Soltas para correrem!
- sem espaço...

 Vivem em gaiolas abertas
no entanto, sem  asas!

Gente  impensada!
ou será equivocada?

Falas  intermináveis
sem lenço ou senso!

 A diversão escura e suja
ilude os fracos!

Eles saem buscando becos
e suga dores...

-ou talvez dores-sugas " momentaneamente"

 -No dia seguinte, acordam entorpecidos
 dentro angustias e arrependimentos

"do pós-veneno".

- perguntas sem respostas
o que passa dentro dos seres?

Porque? ou para que?
tantas pulgas humanas? ? ?

Nica





 

Casa do Poeta de São Paulo

Casa do Poeta de São Paulo
Presidente Wilson Jasa, Vice Presidente Adriano Augusto, Embaixadora Cultural

Movimento Poético

Movimento Poético

Associação de Poetas Portugueses

Associação de Poetas Portugueses

Casa do Poeta de São Paulo

Poderá também gostar de:

Postagens antigas

Seguir

Obrigado à todos visitantes!

Maria Ruth

Maria Ruth
Artista Plastica

Titulo - Criação By Nicah Gomes

Titulo - Criação By Nicah Gomes
Tela - Acrilico TM 1x20 1.00

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Translate