quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Rótulos

 Ignorância em determinadas pessoas assustam
ou melhor,  despertam  arrogâncias  adormecidas!
- Como  indivíduos que teoricamente materializam ideias que  flutuam pelos ares,   palavras e ações cotidianas,
podem  sair  borbulhando adjetivos vazios amídala à fora? 
Paradoxos!
- desinteressantes!  mesquinhos rotuladores, ou talvez sejam  entretecidos assombrosamente de profundas ondas cinzas !
Desalentados por não assumirem  o fato  de serem tediosos covardes!
Esses rotuladores são endemoninhados!
-  por escolhas ?
Não meus caros!
Não, não, não...
 -simplesmente por inexistências delas.

Nica Gomes

sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Conduta

Mudança... e... mudanças... Atitude... e... atitudes...Palavras... e... palavras...Conduta... e... condutas...
Sigo questionando... palavras mal faladas, condutas amarradas "à falta de valores"
Valores?
- Palavra perdida em meio a contemporaneidade de cegos,
surdos humanos!
Se é que podemos assim dizer!
Talvez sejam apenas  fantasias de amebas ! habitarem em peles humanas ?
Seguindo meu questionamento em meio a palavras e pensamentos  acabei  recordando uma frase que conversa com meu inquietamento  deste momento, do meu descontentamento surgi a perola  do sociólogo De Masi "trabalho e convivência com a natureza devem estar presente em qualquer individuo que se FAÇA"
Existem tais indivíduos? ou tais seres  limitam-se apenas à pautas idealistas? angustiante pergunta, triste realidade!
Tais amebas afirmam, quero ter vida DIGNA!
- como querem esse bem!
Se tais indivíduos desconhecem " princípios"
 será que eles mordem ou gritam?
Pense, pense, pense, pense, pense, e pense........... esses  parecem valores contraditórios!
- Onde estão estes ou aqueles que compreendem o sentido da palavra?
-  Parasitas!
 aqui e ali resmungam ... trabalho e lazer, são sinônimos...
 mentiras e dissimulações, são irmãs embrionarias.
Tais amebas teriam de ser incineradas sem do nem piedade!
- Humanos? procura-se!
- Sentido do sentido, sem sentido,  estamos realmente fadados a escassez de massa cefálica?
 Sacodem  minhas viceras somente em pensar na continua  convivência sem remédio, com tais amebas que habitam em peles humanas.
-

Nica Gomes


Casa do Poeta de São Paulo

Casa do Poeta de São Paulo
Presidente Wilson Jasa, Vice Presidente Adriano Augusto, Embaixadora Cultural

Movimento Poético

Movimento Poético

Associação de Poetas Portugueses

Associação de Poetas Portugueses

Casa do Poeta de São Paulo

Poderá também gostar de:

Postagens antigas

Seguir

Obrigado à todos visitantes!

Maria Ruth

Maria Ruth
Artista Plastica

Titulo - Criação By Nicah Gomes

Titulo - Criação By Nicah Gomes
Tela - Acrilico TM 1x20 1.00

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Translate