domingo, 1 de maio de 2016

Gratidão

Com o passar das primaveras percebemos tantas alegrias guardadas em capsulas cotidianas  que tomamos tão automaticamente  sequer percebemos o efeito muscular.Ela  dissolve rapidamente e não comove!
Então a melhor parte da cronologia; a linda graça de ser grato por acordar abrir a porta,  deparando-se  com a magnitude  da natureza que nos cerca, tudo parece tão obvio,,  céu azul leite quente vida de gente.
Falar para o vento ou para alma sobre a beleza de ser inteiro, de saber realmente o que deseja e almeja.
 Quando  sonhamos  nesta existência poeria esquecemos de ser grato por tudo que nos faz companhia. Seja pedra, pau, pincel, folha, papel,pensamento, tinta, pessoa e até  garoa, mas que coisa boa chega uma hora que tudo voa.
Os dedos correm para refugiar-se nas   letras, tons, linhas e sons.
Começa aquecimento do coração, novo processo sem recesso ou depressão somente inovação
Chegamos à sublimação divina, você não toca, você não fala, simplesmente ela te cala.
Nesta existência agradeço por tantas inquietações ,  ebulições intermitentes   criações  e ações que justificam minha existência.
Nascer é morrer todos os dias, viver é aceitar a morte dos dias!
Quando nos damos conta desta morte real tudo muda, até um pedaço de uva!
Hoje sou gratidão!
Quero agradecer a todos que souberam compreender minha infantilidade em tantos momentos que mereciam maturidade.
Agradeço as dezenas de  nãos que recebi, pois assim pude escutar centenas de sim!
Agradeço as pessoas mais densas que conheci pois assim pude identificar tudo de ruim que ainda havia guardado em meu coração.
Agradeço pelos relacionamentos fracassados pois me deram oportunidade de crescer
Agradeço a mas dura dor que minha genitora me causou transformando meu conceito de apego em amor!
Agradeço todas solidões que vivi proporcionada por meu super ego, pois assim renasceram as linhas de minhas paixões.
Agradeço as pessoas que me roubaram objetos que pareciam insubstituíveis até o momento que elas levarem  para perceber que não valiam um grama de meu pensamento.
Agradeço aqueles que se diziam amigos mas traíram minha confiança, pois surgiram novas alianças
Agradeço aos feiticeiros, que por duas vezes vieram me procurar para contar sobre as façanhas de duas mulheres que por eles foram buscar para com minha vida acabar!
Agradeço por morar neste lugar onde nunca pude imaginar, pois aqui minha arvore  começou a falar!
Agradeço   a Deus por minha existência perpetuar.

Nilzangela Lima
003 -

01/05/2016

Casa do Poeta de São Paulo

Casa do Poeta de São Paulo
Presidente Wilson Jasa, Vice Presidente Adriano Augusto, Embaixadora Cultural

Movimento Poético

Movimento Poético

Associação de Poetas Portugueses

Associação de Poetas Portugueses

Casa do Poeta de São Paulo

Poderá também gostar de:

Postagens antigas

Seguir

Obrigado à todos visitantes!

Maria Ruth

Maria Ruth
Artista Plastica

Titulo - Criação By Nicah Gomes

Titulo - Criação By Nicah Gomes
Tela - Acrilico TM 1x20 1.00

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Translate